27 Jan

Entenda os requisitos e o processo para ser doador de medula óssea

O transplante de medula é um tratamento que pode beneficiar diversas doenças em diferentes estágios, como leucemias, linfomas, anemias graves, hemoglobinopatias, imunodeficiências congênitas, erros inatos de metabolismo, mieloma múltiplo e doenças autoimunes, por exemplo. O procedimento consiste em substituir uma medula óssea deficiente por células normais de medula óssea, com a finalidade de reconstituir uma medula saudável. No entanto, para quem precisa, não é tão simples assim encontrar um doador – estima-se que a chance de achar alguém compatível é de 1 a cada 100 mil, mas esse número pode aumentar ainda mais, dependendo da miscigenação.

No Brasil, por exemplo, a mistura de raças dificulta um pouco a localização de doadores compatíveis, mas dados mostram que hoje existem mais de 3 milhões cadastrados no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome).

Para quem quer ser doador, existem alguns requisitos, como ter uma boa saúde (sem doenças infecciosas, como hepatite, Chagas, HIV, sífilis e outros problemas como diabetes, câncer e doenças específicas do sangue) e ter entre 18 e 55 anos para fazer o cadastro, mas ele pode ser chamado até os 60 anos.

Confira abaixo como é o processo para ser doador:

1.    A pessoa precisa comparecer a um hemocentro para fazer um cadastro com seus dados pessoais e a coleta de uma amostra de sangue para realizar os testes genéticos. Nesse momento, não são feitos exames para verificar doenças e a informação válida é a dada pelo doador. Depois de feito o cadastro, ele pode ser chamado em 5, 10 ou 15 anos, dependendo da necessidade de um paciente pela compatibilidade do doador. É preciso, no entanto, manter o cadastro atualizado para que a pessoa seja encontrada.

2.    Se for selecionado, são feitos testes no doador para verificar se há doenças e se ele tem condições de doar. 

3.    Se ele estiver em condições, a coleta da medula pode ser feita por dois métodos. O mais tradicional é o que retira da bacia, com uma agulha, com anestesia geral ou peridural. O outro é através da veia, onde se retira células tronco do sangue do paciente - essas células têm a capacidade de se regenerar em 20 dias. A decisão de qual método usar é do médico, que saberá qual procedimento vai proteger o doador e beneficiar o receptor.

Procure o posto de coleta mais próximo do seu munícipio:

Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará – Hemoce

Av. José Bastos, 3390 - Rodolfo Teófilo, Fortaleza-CE 

CEP: 60.431-086

Fone: (85) 3101.2296 - 0800 286 2296 | Fax: (85) 3101.2307

 

Hemocentro Regional Crato - CE

Rua Coronel Antônio Luís, 1.111 - Bairro: Pimenta

Cep: 63105-000 Crato/CE

Fone: (88) 3102.1260/1261

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

7h às 17h30min, de segunda a sexta-feira

7h às 11h30min, aos sábados

 

Hemocentro Regional Iguatu - CE

Rua: Edilson de Melo Távora, s/n - Bairro: Vila Centenário

Iguatu/Ce - Cep: 63500-000

Fone: (88) 3581.9409/3581.9408 - Fax: (88) 3581.9410

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

7h às 18h, de segunda a sexta-feira

 

Hemocentro Regional Quixadá – CE

Av. Francisco Almeida Pinheiro, 2340, Planalto Universitário

Quixadá/Ce

(88) 3445.1009 / 99902.4306

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

7h às 16h30min, de segunda a sexta-feira

7h às 12h e 13h às 16h30min, aos sábados

 

Hemocentro Regional Sobral – CE

Rua: Jânio Quadros, s/n- Bairro Santa Casa 

Cep: 62.010-680 – Sobral/CE

Fone: (88) 3677.4624/3677.4627

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

7h às 18h, de segunda a sexta-feira

8h às 12h, aos sábados 

 

Hemocentro Regional Juazeiro do Norte – CE

Hemonúcleo de Juazeiro do Norte

Rua: Beata Maria de Araújo, S/N - Romeirão

Tel: (088) 3102.1169 / 3102.1170

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

7h às 17h30min, de segunda a sexta-feira

12 as 17h, aos sábados

Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo