Notícias

25 Mai

Senador Eunício Oliveira e Deputado Moses Rodrigues conseguem liberação de licença ambiental e BR-222 começará a ser duplicada no segundo semestre

O projeto de duplicação da BR-222 começa a sair do papel, após o Governo Federal anunciar a liberação de R$ 50 milhões para o início da obra, que já foi licitada.

Moses Rodrigues

Na manhã desta quinta-feira (25), após encontro com o Presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB/CE), o Deputado Federal Moses Rodrigues (PMDB/CE) participou de uma audiência com a Presidente do IBAMA, Suely Araújo, e com o Superintende do IBAMA no Ceará, Herbert Lobo. Na pauta do encontro, a assinatura da liberação da licença ambiental e de instalação para o inicio das obras de duplicação da BR-222, no trecho Fortaleza-Divisa CE/PI. O documento ainda contempla subtrechos como o entroncamento da BR-020 (Anel Rodoviário de Fortaleza), da CE-422 (Porto do Pecém), segmento do km 12 ao 35,6.

“No final do ano passado estive no DNIT, juntamente, com o Senador Eunício Oliveira para tratar da duplicação do trecho Fortaleza-Pecém. Na época, deixamos assegurados junto ao Ministério dos Transportes R$ 130 milhões para a execução da obra, que já estava licitada. Hoje, demos um importante passo com a liberação da licença ambiental e de instalação. Com notícia de que parte do recurso está garantido pelo Governo Federal, a obra deverá ser iniciada no segundo semestre deste ano”, destacou Moses Rodrigues.

Moses Rodrigues

A duplicação da BR-222 é um sonho antigo do cearense, principalmente, daqueles que utilizam a rodovia diariamente. A BR é uma das principais vias de escoamento do que é produzido no Estado e sua duplicação, além de promover um aumento da capacidade da rodovia, deve incrementar a economia do Ceará. As obras de duplicação ainda envolvem serviços de terraplanagem, suspensão de vegetação, implantação da sub-base e base, pavimentação e instalação de dispositivos de drenagem superficial e profunda.

Última modificação em Quinta, 25 Maio 2017 11:21
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo